Blog do Falconi

Nesta página eu falo de Concept Art, Matte Painting e Pós-produção,   compartilho um pouco do que sigo e recomendo pra vivermos melhor como artistas, de negociação até yoga.

Não sou nem monge, nem coach. E nem o dono da verdade.
Vivo com dúvidas e conflitos, assim como você.
 
Esta página é pra vocês e pra mim também. Pra eu lembrar de seguir o que acredito ser eficiente pra vida fluir melhor.

Concept Art

Arte conceitual em si define-se como vanguarda surgida na Europa e nos Estados Unidos no fim da década de 1960 e meados dos anos 1970, o conceito ou a atitude mental tem prioridade em relação à aparência da obra. O que importa é a invenção da obra, o conceito, que é elaborado antes de sua materialização. 

O termo Concept Art define uma etapa de pré-produção na indústria do entretenimento. Usada em sua maioria em filmesjogosanimações e histórias em quadrinhos, com a objetivo de ajudar a criar a narrativa visual do projeto.

São os Concept Artists que definem se o ambiente será uma arena de batalha histórica, uma floresta com ruínas antigas ou ilhas suspensas de um novo planeta. Eles trabalham em contato com a equipe criativa, Diretores de Arte, ilustradores, artistas 3D, game designers, etc.
 
Personagens, cenários, veículos, tudo que for "entrar em cena" precisa ser concebido através de uma direção de arte que mantenha unidade ao produto final e coesão com o roteiro planejado. O concept ideal é aquele que facilita de forma mais simples e direta o resultado, em curto prazo e poupando o máximo de recursos financeiros, para ser utilizado no produto final.

Também usamos o termo concept para definir o visual inicial em baixa resolução (1920x1080 por ex:.) de uma imagem publicitária. Nesse caso o processo pode envolver tanto desenho quanto photobashing (blocagem de assets), para conceituar a ideia antes de produzir a arte
em alta resolução usando 3D e/ou manipulação de imagens de stock e fotografias produzidas especialmente pro projeto em si. 

Arte conceitual é também referido como um desenvolvimento visual (visual development ou lookdev) ou esboço (sketch), rascunho, e atualmente está cada vez mais realista, com a difusão das técnicas de matte painting, imensa quantidade de fotos em stock e alta velocidade de render em 3D. 

- background e layout para animação 
- técnicas de desenho e renderização para Design
- environment concept Design
- design de arquitetura
- design de jogos

- criar identidade visual para a narrativa
- consistência visual
- variações do mesmo produto/personagem
- esboços rápidos
- esboços de thumbnail 
- keyframe designer ou ilustrador de cinematic (cria cenas de filme usando concepts de outros artists)
- concept artist de personagem (personalidade, expressão corporal, pose, olhar, história)
- concept artist de vestimenta (tecidos) 
- concept artist de cenário  (contar a história através da paisagem, props/objetos)

- color script de filme (definir estética de cores ao longo do filme, paleta de cor)
- visual development (definir estilo visual da produção)

Quem não conhece o Feng Zhu aí?
Há uns 10 anos atrás eu assistia os tutoriais gratuitos dele.
Neste vídeo ele mostra como a forma segue a função,
conceito básico de um bom design. 

Vale o confere no site dele! fzdschool.com

Manipulação de imagens

Procrastinação, ócio criativo e bons hábitos

Você tem consciencia nos momentos que tá enrolando pra começar aquele job que já tá com pouco prazo?

Sabe identificar a hora de dizer chega e dar um pause sem pirar? 

Como você lida com a pressão por qualidade e prazo sem interferir (muito) no seu dia?

Costumam dizer que me cobro muito, em todas esferas da minha vida. O bom disso é que nunca precisei de cliente pra me dizer que precisa ficar incrível o resultado final, porque sei que é esperado isso de mim, e eu mesmo nunca gostei de tosqueira. Se vai ficar incrível ou não, aí já são outros 500...

 

A vida do freela é o oposto de um funcionário público. E se você quiser bater ponto, respeitar horários fixos, ter feriado, férias etc... da mesma forma que um oficial de justiça tem, prepare-se pra perder clientes, entregar imagens meia boca e viver uma vida medíocre e regrada. Esse é meu lado HARD falando, que às vezes toma conta do projeto e só para até chegar no resultado digno de Portfólio e que pode perder a noção do tempo (o que muitas vezes é maravilhoso num dia que você acordou de um pesadelo ou teve uma DR sem sentido).

Hoje tenho algumas hérnias de disco e se eu não alongar 2x ao dia e me policiar com várias pausas, vai dar merda e a coluna via pinçar! Não vale a pena por dinheiro nenhum nem por cliente nenhum, sentir dor e ter que tomar remédio por mal hábito e falta de controle mental e gerenciamento de si mesmo. Penso assim. Resolver o problema na raiz pra não se "anestesiar" e viver sem consciencia do rumo que estamos tomando.

 

Notei que das vezes que trabalhei fixo, fui bem produtivo até fazendo freelas em casa, e estudando algo a mais, ou lendo na viagem de ônibus, do que quando estou de freela home-office. Porquê? Quando estou num ambiente externo com limitações, acabo focando melhor no que me propús a fazer. Ex:. levo um livro na mochila, e me proponho a ler 5 páginas todo dia na viagem... quando vejo, já to lendo 20... em casa, tem muita coisa pra ocupar o pensamento e distrair.

Recomendo criar um espaço criativo em casa e associar momentos específicos do seu dia com hábitos saudáveis que você desejar manter. Um livro na varanda pra ler enquanto acompanha o pôr-do-sol, ou o sketchbook no ônibus pra tornar uma viagem repetitiva em hábito de desenho criativo diário. 

 

Comunicação não-violenta e sem ruídos?

Já se estressou à toa com um cliente ou cansou de engolir sapo?

Brigou com seu parceiro por causa de besteira?

Já teve interpretação errada por email, ou mensagem de celular?

E quando um cliente não gosta do projeto que você tem certeza que ficou ótimo?

Cheguei neste workshop do Marshall Rosenberg, recomendado pelo meu amigo Francisco Soares.

Saber interpretar outro ser humano e dominar nosso próprio comportamento

é mais importante do que dominar os blendings modes e saber ambientar uma imagem.

Você só reage ou sabe se comunicar?

Após assistir a palestra do Marshall, encontrei essa TED Talk da Louise, que interpreta os conceitos dele e aplica de forma interessante.

Saber interpretar outro ser humano e dominar nosso próprio comportamento é mais importante do que dominar os blendings modes e saber ambientar uma imagem.

Técnicas de negociação

Já tomou calote?

Demorou séculos pra receber um pagamento? 

Já sentiu que trabalhou muito e ganhou pouco? 

Quanto vale o seu trabalho pra você? E pros outros?

Ganhei um audiobook do Chris de presente do meu irmão, e confesso que preciso terminar de ouvi-lo :)

Nada melhor que aprender a negociar um orçamento com as táticas "empáticas" de quem trabalhou 24 anos no FBI

como negociador de reféns.  

Meditação, Yoga e afins

Já tomou calmante ou anti-depressivo?

Acha que é difícil esvaziar a mente? 

Já sentiu que estagnou na zona de conforto? 

Quanto vale sua saúde mental? E a de quem vive contigo?

Esse vídeo é o meu favorito pra me ajudar a meditar. Qual é o seu?

Inspiração através da música

Quem não gosta de ouvir seu próprio som

pra focar nas atividades criativas? Eu amo Kora Music!

Existem diversas culturas que provavelmente não conhecemos, e que podem "falar" conosco mais do que a nossa própria playlist.

Melhor Site de Referências de Filme

Descobri esse site recentemente e nunca mais uso o

Google pra pesquisar sobre isso...

Vale o confere no site! https://shotdeck.com/

 

Ótimo Podcast com artistas de Pós-produção

Já ouviram o Podcast do Hugão? Tem um episódio com o Bruxo do Matte Painting lá, quem guentar me ouvir um pouco, tem boas dicas e risadas por lá. E claro, muitos outros artistas digitais, fotógrafos.